Caminhada ao ar livre

Você quer uma boa estratégia para a perda de peso, mas não sabe o que fazer? Aposte na caminhada ao ar livre

Os benefícios da caminhada ao ar livre são muitos. Mesmo que você nunca tenha amarrado os tênis e saído para dar suas passadas, provavelmente já ouviu falar que o exercício traz bem-estar, diminui o risco de cardiopatias, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e melhora o raciocínio e a memória.Intercalar a caminhada com um trote bem leve, aliado a alguns exercícios de fortalecimento preparatórios para a atividade, é o ideal para quem está saindo da inércia

Se mesmo assim isso não o incentiva a começar na corrida, aqui vai mais um ótimo benefício: ela é boa pedida para perda de peso.

Mas como a corrida age no seu corpo para que o seu objetivo de secar seja alcançado de forma segura e duradoura? Veja os seis pontos abaixo e pernas pra que te quero:

Emagrecer com a corrida não é sinônimo de pressa. Comece devagar intercalando caminhada com trote leve.
Emagrecer com a corrida não é sinônimo de pressa. Comece devagar intercalando caminhada com trote leve. Foto: iStock

1. Sem pressa

Emagrecer com a corrida não é sinônimo de pressa. Comece devagar, respeitando seus limites. Intercalar a caminhada com um trote bem leve, aliado a alguns exercícios de fortalecimento preparatórios para a atividade, é o ideal para quem está saindo da inércia. Isso porque esses treinos estimulam o organismo a evoluir fisicamente, além de usarem a gordura como fonte de energia.

Corrida acelera o metabolismo, o que é fundamental para a queima de gordura. Foto: iStock

2. Metabolismo acelerado

A corrida acelera o metabolismo, o que é fundamental para a queima de gordura. Isso acontece porque correr aumenta o consumo de oxigênio através da ativação muscular, o que eleva o gasto calórico.

Apostar nas passadas também tonifica a musculatura, pois durante a atividade grandes grupos musculares são utilizados. Foto: iStock

3. Musculatura

Apostar nas passadas também tonifica a musculatura, pois durante a atividade grandes grupos musculares são utilizados. A corrida ajuda a tonificar panturrilhas, coxas e bumbum, já que usa esses grupos de forma bem intensa. Isso também facilita a perda de peso porque músculos tonificados ajudam a acelerar o metabolismo.

Alguns tipos de treino favorecem mais a queima de gordura que outros. Por isso, siga a planilha respeitando as atividades previstas pelo treinador. Foto: iStock

4. Exercícios para queimar

Alguns tipos de treino favorecem mais a queima de gordura que outros. Por isso, é importante que você siga a planilha respeitando as atividades previstas pelo treinador. Exercícios que mantêm o batimento cardíaco na faixa de 60% a 70% são os mais indicados. E, fique atento: para conseguir emagrecer com a corrida usando a gordura como fonte de energia, o treinamento deverá atingir durante o maior tempo possível uma faixa cardíaca já determinada no teste ergométrico (ou ergoespirométrico).

O ideal é fazer sessões de corrida acima de 30 minutos, quatro vezes por semana. Foto: iStock

5. Mais de 30 minutos

O ideal é fazer sessões de corrida acima de 30 minutos, quatro vezes por semana, sempre respeitando o dia de descanso. Isso fará com que a perda de peso seja mais eficiente.

Para não desistir da corrida o segredo é variar os treinos. Foto: iStock

6. Treinos variados

Já tentou correr e acabou parando? Para que isso não volte a acontecer, o segredo é variar os treinos. Além de favorecer a evolução rápida de rendimento, essa alternância ajuda o corredor a ficar mais motivado e focado. Outra sugestão é traçar metas e acompanhar seu progresso periodicamente. Colocar objetivos curtos, baseados no percentual de gordura corporal, peso e quilômetros rodados, por exemplo, ajuda a manter a motivação em alta.

Summary
Review Date
Reviewed Item
Caminhada ao ar livre

Autor: admin

Compartilhe este artigo no