Melhor treino para ectomorfos

Cada pessoa possui um estilo de corpo único.Os ectomorfos? É esse estilo de corpo, conhecido como biótipo, que irá definir o tipo de treino que você deve fazer para alcançar os resultados desejados. Porém, muitas vezes isso é ignorado causando frustração.
Nunca se esqueça, é preciso conhecer seu corpo.
Melhor treino para ectomorfos.

  • O que é o biótipo ectomorfo?

Um dos mais comuns entre os três biótipos, o ectomorfo, é aquele que é naturalmente magro, com baixo percentual de gordura.

É aquele estilo de corpo encontrado em sua maioria nos modelos. Caracterizado pela dificuldade em ganhar peso, seja ele massa muscular ou gordura, possui estrutura óssea estreita, ombros curtos, cintura fina e caixa torácica estreita.

Pessoas desse tipo têm um metabolismo bastante acelerado. Outra característica comum aos indivíduos do biótipo é a baixa resistência, principalmente quando comparada aos demais tipos físicos,sao os ectomorfos.

  • Vantagens x Desvantagens

A grande vantagem do ectomorfo é dificuldade em acumular e ganhar gordura. Um bom plano de treino aliado a uma dieta equilibrada pode gerar resultados ótimos, com um corpo extremamente definido e delineado.

Porém, como todos os outros biótipos, o ectomorfo não é imune aos maus hábitos. Uma dieta desequilibrada e o sedentarismo gerar o acúmulo de gordura principalmente na barriga, quando todo o resto do corpo permanece extremamente fino.

Outra vantagem do ectomorfo é que, com uma alimentação minimamente balanceada, ele se mantém longe dos problemas com o abdômen, conquistando a sonhada barriga tanquinho com exercícios simples e praticamente sem esforço.

  • Dê adeus à esteira!

Antes de fazer qualquer coisa o ectomorfo deve eliminar a esteira e qualquer outro tipo de exercício aeróbico. Secar decididamente não é uma necessidade desse tipo físico.

Feito isso é preciso escolher um treino adequado. Exercícios prolongados não são indicados, pois o biótipo possui baixa resistência física. Mesmo os treinos de força devem ser realizados apenas duas ou três vezes por semana por até 45 minutos.

Isso acontece porque o organismo do ectomorfo não é capaz de acumular grandes quantidades de glicogênio, substância responsável não só para o treinamento de força como também para a posterior recuperação dos músculos.

Consequentemente, treinos muito frequentes acabam não dando ao músculo o tempo necessário para que ele cresça.

Para iniciantes é necessária uma adaptação de cerca de um ou dois meses. É preciso observar sempre o comportamento do corpo. À medida que este for se acostumando, os pesos devem ser aumentados gradativamente até que treinos mais intensos possam ser realizados.

É importante selecionar para o treino do ectomorfo exercícios que trabalhem partes diferentes do músculo. Como são realizadas poucas séries, a escolha precisa ser bem feita para que bons os resultados sejam alcançados.

É importante se atentar ao descanso entre os treinos. Para cada grupo muscular trabalhado é preciso dar uma pausa de 72 horas, exercitando outra categoria de músculos nesse meio tempo.

Preste atenção também nas horas de sono. Queimamos calorias enquanto dormimos, por isso, o recomendado para um ectomorfo é de mais ou menos oito horas por dia.

  • Dieta

Importante para o desenvolvimento e definição de qualquer estilo de corpo, a dieta do ectomorfo é importante, porém nada complicada de ser seguida.

As recomendações são as seguintes:

Escolha corretamente os alimentos: para ganhar músculos os ectomorfos precisam consumir carboidratos e proteínas em maior quantidade, associados a uma dose moderada de gorduras boas. O cálculo deve ser o seguinte: deve-se ingerir duas vezes mais carboidratos do que proteínas e cerca de 2g de proteína por quilo corporal todos os dias.

Preste atenção ao tipo de carboidrato consumido. A preferência devem ser os complexos, presentes em alimentos como aveia, batata doce, arroz integral etc. Eles são a melhor opção, por fornecer mais energia.

Coma muito: essa dica pode parecer estranha para muitas pessoas, mas para o ectomorfo é essencial. A lógica é esta: quanto mais se come, mais peso sem ganha. Então caia de boca sem medo.

Autor: admin

Compartilhe este artigo no