Melhor treino para mesomorfos

Melhor treino para mesomorfos:

Desejo da maioria dos homens, ter um corpo atlético, musculoso e definido, exige treino e disciplina. Isso pode parece um grande desafio para muitos ou até uma tentativa frustrada para outros.

Mas para alcançar seus objetivos, antes de mais nada é preciso conhecer o próprio corpo.

Melhor treino para mesomorfos.

  • O que é um mesomorfo?

O biótipo mesomorfo é praticamente o biótipo ideal e o sonho de todos. Estilo de corpo predominante nos atletas e atores de Holywood, é aquele que tem as proporções ideais.

O mais difícil de ser encontrado entre os três tipos de biótipo, o mesomorfo reúne o que há de melhor nos ectomorfos e endomorfos. Tem facilidade em ganhar massa muscular e dificuldade no armazenamento de gordura.

Ele possui a estrutura óssea perfeita: ombros largos, cintura estreita e uma caixa torácica larga.

  • Vantagens x Desvantagens

Apesar de parecer o corpo dos sonhos, como tudo na vida ser um mesomorto tem vantagens e desvantagens.

A facilidade no ganho e na definição muscular é provavelmente a maior vantagem. Seu plano de treino não envolve muitos desafios, precisa apenas ser bem feito e cumprido à risca. Mas apesar de possuir grande benefícios genéticos, o mesomorfo não é imune a hábitos ruins.

A acomodação é talvez a maior desvantagem do mesomorfo. A falta de necessidade de abrir mão de comidas gostosas, por exemplo, já que no início simplesmente não faz diferença, acaba resultando em excesso de peso no decorrer dos anos.

No fim das contas, os mesomorfos são aqueles com mais dificuldade em manter o físico atlético depois dos trinta anos. O metabolismo acaba diminuindo com a idade, levando embora a musculatura definida.

  • Treino adequado

Os treinos para mesomorfos não costumam ter muitos segredos, precisam apenas ser bem construídos para se adaptarem às facilidades do biótipo e extraírem o melhor delas.

Por possuir alta adaptação e muita facilidade em ganhar força, o mesomorfo deve ter um treino de alta intensidade, com cargas elevadas. Eles obrigatoriamente têm que ser pesados, afinal de contas, o biótipo nasceu para isso.

Para iniciantes é recomendado um período de adaptação com duração de um ou dois meses. Esse período servirá para que a pessoa se familiarize com os pesos e os exercícios, evitando possíveis lesões. Passado esse período, o treinamento deve ficar intenso.

Os treinos de mesomorfos costumam seguir algumas características. Entre elas estão treinos intensos que duram pelo menos uma hora, séries de nove a doze repetições, descansos curtos entre as séries, de 30 minutos a um minuto e meio, a divisão correta das atividades e o uso de exercícios compostos.

Não se assuste, mesomorfos podem dificultar o treino à vontade, que no fim das contas irão conseguir realizá-los e obter resultados mais do que satisfatórios.

  • Dieta

A dieta de um mesomorfo precisa de muito menos cuidado e atenção do que a de um endomorfo ou ectomorfo.

A regra é basicamente se alimentar corretamente, fazendo uso de comidas saudáveis e nutritivas, mantendo uma dieta sem exageros.

É nesse tipo de corpo que os suplementos costumam fazer mais efeito. A proteína ajuda a acelerar ainda mais o ganho muscular e a combinação de ômega 3 com cálcio ajuda a melhorar o metabolismo e a queima de gordura, consequentemente auxiliando na hora de delinear o corpo.

As recomendações básicas são:

– Comer de três em três horas, fazendo seis refeições ao dia. Isso auxilia o ganho de músculos e previne o acúmulo de gordura, além de ser mais saudável para o organismo.

– Incluir proteínas, carboidratos e gorduras boas de maneira equilibrada na dieta. A proporção de consumo deve ser a seguinte: 40% – 40% – 20%, respectivamente.

– Ingerir 1g de proteína para cada quilo de peso corporal diariamente.

É de extrema importância para o mesomorfo seguir uma dieta balanceada. Apesar de conseguir obter resultados mesmo não tendo a melhor dieta, a conta chegará após os trinta anos.

Se for moderado desde cedo, conseguirá manter o corpo, mesmo depois da queda do metabolismo.

Autor: admin

Compartilhe este artigo no